Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesta quarta-feira (28/04), celebra-se mundialmente o Dia da Educação. Em tempos de pandemia, os profissionais da educação enfrentam grandes desafios para dar continuidade à aprendizagem dos estudantes, mesmo com as atividades presenciais paralisadas há mais de ano.

Para apoiar professoras e professores, coordenadoras e coordenadores pedagógicos, diretoras e diretores escolares e equipes técnicas de secretarias de educação, algumas  instituições do setor disponibilizam cursos de curta duração e gratuitos que tratam especificamente do momento de pandemia que estamos vivenciando.

“Os conteúdos foram criados para ajudar o profissional de educação na continuidade do pedagógico com foco nas principais habilidades e competências dos estudantes, para minimizar a perda da qualidade no processo de ensino-aprendizagem”, explica a gerente de Implementação do Itaú Social, Tatiana Bello.

  1. Relação família-escola: acolhimento às famílias: O curso on-line e autoformativo tem apenas duas horas de duração e tem por objetivo apoiar os dirigentes municipais para planejar ações sólidas de fortalecimento da relação das famílias com as escolas de forma sensível e acolhedora. O conteúdo foi organizado pela Avante Educação e Mobilização Social.
  1. Mapas de foco da BNCC: A Base Nacional Comum Curricular é tema de diversos cursos dentro do ambiente de aprendizagem Polo. Com ela, os professores e gestores podem priorizar as aprendizagens dos estudantes e assim, combater as defasagens geradas na paralisação das atividades presenciais. O percurso formativo conta com sete cursos organizados em parceria com o Instituto Reúna.
  1. Atividades para crianças até seis anos: Destinado para professores e famílias de alunos da Educação Infantil e primeiro ano do Ensino Fundamental, o conteúdo reúne 20 atividades para serem desenvolvidas em casa. Os materiais estão disponíveis em formato de vídeos e cards, que se dividem em instruções para as famílias e orientações para os educadores. Produzido com apoio do Instituto Avisa Lá.
  1. Retomada às atividades presenciais com foco na equidade: Quando houver segurança sanitária para a retomada das aulas presenciais, como os gestores devem se planejar para combater as desigualdades que foram ainda mais evidenciadas neste período de pandemia? O curso, em parceria com a Comunidade Educativa CEDAC, pretende estimular a reflexão sobre a equidade e sugerir ações para reverter ciclos de exclusão social.
  1. Educação especial na perspectiva inclusiva: O objetivo do curso é apoiar as equipes a enfrentar os principais desafios para garantir a equidade no trabalho remoto, orientando sobre estratégias, pontos de atenção e cuidados para que alunos e alunas com deficiência participem das atividades propostas. O conteúdo foi organizado pelo Instituto Rodrigo Mendes.

Mais cursos

Educação na pandemia é uma área temática do Polo, ambiente de formação do Itaú Social, voltado a profissionais da área da educação e de organizações da sociedade civil. Somente neste tema, a plataforma soma um total de 38 ações formativas. Também estão disponíveis em sua biblioteca estudos que tratam sobre os reflexos do ensino remoto na aprendizagem dos estudantes brasileiros e outras centenas de arquivos da área da educação. Disponível no endereço www.polo.org.br.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •