Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O período de vestibulares para ingresso no Ensino Superior pode ser bastante estressante; o preparo do estudante vai muito além de apenas estudar e absorver os conteúdos cobrados, é preciso, acima de tudo, saber manter a calma, administrar o tempo da prova e ter organização. Com o objetivo de se preparar melhor e com mais antecedência, muitos alunos decidem realizar os principais exames do país já nos primeiros anos do Ensino Médio como treineiros.

Somente para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), cerca de 450 mil candidatos estão escritos como treineiros na edição de 2021, que acontece nos dias 21 e 28 de novembro. Já a FUVEST, um dos principais vestibulares do país, conta com mais de 9 mil treineiros entre os 110 mil candidatos para o vestibular de 2022, cuja primeira fase acontece em 12 de dezembro.

Pensando em auxiliar esses jovens na preparação para as provas que acontecem em poucas semanas, o diretor do Colégio Anglo Chácara Santo Antônio, Lucas Seco, sugere cinco dicas para os treineiros aproveitarem essa experiência que permite a prática para anos futuros. Confira:

  1. Não se deixe dominar pela ansiedade e preocupação em obter uma nota alta

O aluno, muitas vezes, já está decidido sobre qual curso seguir e acaba realizando a prova aflito visando conseguir pontuação suficiente para a tão sonhada aprovação. Mas, segundo o diretor, a melhor saída é não colocar essa conquista como prioridade. “Os estudantes devem estar com a cabeça fresca, sem estresse a mais para atrapalhar. Eles ainda não têm o compromisso de passar no vestibular nesse momento por não terem se formado no Ensino Médio” afirma Lucas.

  1. Fique atento ao ‘ritual’ dos vestibulares

Uma das partes mais importantes da realização dos exames é o momento que os antecede. Separar os documentos necessários, descansar e se alimentar bem, chegar com antecedência ao local da prova. Na teoria, essas ações podem parecer simples, mas muitas pessoas as subestimam ou esquecem de sua importância. “O treineiro deve priorizá-las e ter em mente que é um procedimento dos vestibulares”. Lucas Seco aconselha que o aluno chegue uma hora adiantado e, se possível, visite o local de prova no dia anterior, para não ter chances de se atrasar.

  1. Aprenda a administrar o tempo

O tempo é um dos maiores fatores de dificuldade para quem presta vestibulares. Não é incomum casos de candidatos que perdem questões por não conseguir preencher o gabarito completo. Por isso, é imprescindível que o treineiro aprenda a administrá-lo. O autoconhecimento é chave, então, encontrar uma estratégia própria para ter o tempo sob controle é sempre favorável.

  1. Conheça o estilo da prova

Cada banca avaliadora tem sua maneira de cobrar os conhecimentos. É importante, sabendo disso, que o treineiro já se familiarize com o estilo de cada uma. “Se houver tempo, o aluno pode realizar simulados ou até mesmo procurar na internet provas antigas dos vestibulares que irá prestar para assimilar as demandas dos diferentes modelos de prova”, propõe Lucas.

  1. Categorize as questões por nível de dificuldade

Ao realizar simulados ou a prova em questão, o treineiro pode identificar quais são as perguntas fáceis, de dificuldade média e as difíceis. Esse método evita que o estudante fique refém de enunciados complexos ou, nesse caso, de conteúdos que ainda não foram aprendidos por conta da não conclusão do Ensino Médio até a data da realização do exame.

Sobre o Anglo Chácara Santo Antônio

Localizado na Zona Sul de São Paulo, o Anglo Chácara Santo Antônio atende os segmentos do Ensino Fundamental ao Médio, concentrando práticas pedagógicas modernas e inovadoras, necessárias para o estudante do Século XXI, alicerçadas na tradição e força da marca Anglo. Assim, compromete-se com o desenvolvimento integral de crianças e jovens, a fim de que o mundo possa contar com cidadãos ainda mais responsáveis e conscientes de sua atuação na sociedade, trabalhando para a formação humanista, estimulando valores de responsabilidade individual, social, ambiental, para a capacidade de resolver problemas e para o desenvolvimento de soluções criativas no dia a dia.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •