Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tirar um documento ou fazer a sua própria refeição, atividades cotidianas para um jovem, são algumas das tarefas incentivadas por meio do Projeto “Promovendo Autonomia” do Abrigo Moacyr Alves, que atende atualmente 64 crianças e adolescentes com deficiência em Manaus.

O projeto tem como objetivo principal empoderar os acolhidos e desenvolver a autonomia desse público.

São muitos os desafios e barreiras para as pessoas que têm as mobilidades reduzidas, tanto físicas quanto sociais, entraves como locomoção, adaptação de ambientes e atendimento diferenciado precisam ser revistos. Por isso, a necessidade do debate desse tema e a criação de políticas públicas e de projetos voltados para a melhoria dessa realidade.

Diante desse contexto, o Abrigo Moacyr Alves deu início às atividades que visam à aquisição de habilidades práticas nos eixos das Atividades de Vida Diária e Instrumentais (AVDI’s); educação financeira; direitos e deveres civis; habilidades sociais; inteligência emocional e habilidades motoras para deambulação em ambientes públicos.

A equipe multidisciplinar do Abrigo Moacyr Alves desenvolveu um cronograma de atividades que abordam estas habilidades, realizando diariamente as intervenções para alcançar o objetivo do projeto. As ações visam também à melhoria da qualidade de vida dos acolhidos da instituição, oportunizando o protagonismo e seu potencial de desenvolvimento pessoal, social e comunitário.

O acolhido João Victor, de 21 anos, é um dos participantes do projeto. Sob a orientação e supervisão dos estagiários dos setores de psicopedagogia, psicologia, serviço social e da coordenação já preparou a sua refeição, e se cadastrou para tirar o passe livre. Para ter conhecimentos sobre a educação financeira, João Victor visitou, também comércios para comparar preços de alimentos e objetos do seu dia a dia, preparando-o para assumir novas funções de forma mais independente.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •