Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A mansão do Tarumã, ocupada pelo ex-governador Amazonino Mendes (Podemos), recebeu nesta quarta-feira (23), o ex-prefeito de Coari, Adail José Figueiredo Pinheiro (Adail Filho), controverso político que renunciou o mandato em 2020, foi preso em 2019 , mas recentemente, perdeu o segundo mandato,  cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

A gentil e carinhosa visitinha a Amazonino Mendes, recém-chegado de São Paulo, onde hibernou após duas derrotas políticas, demonstra que Adail Filho perdeu o mandato mas não perdeu o prestígio.

Jovem e dono e talentoso politicamente, o ex-prefeito conquistou seus dois mandatos com folga nas urnas, longe de qualquer ameaça de seus adversários.

Logo, a visitinha é pra lá de compreensível. Amazonino ainda não ensarilhou as armas, tem-se manifestado ativamente político, e com as eleições que se avizinham..quem sabe.

Além do mais, Adail filho deixou no ar nada tão obscuro com relação a 2022:  “Apesar das preocupações, também temos a esperança de que dias melhores estão por vir e o povo amazonense irá sorrir novamente”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •