Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesse último dia do ano, juntemos todas as nossas forças, com todas as pessoas do mundo, com todas as forças do universo, para dizer em uma única voz: adeus ano das trevas, bem-vindo ano de luz! Sim, é isso que queremos, desejamos e esperamos para 2021, que seja um ano de luz, de paz e prosperidade para todos os povos, especialmente para os mais humildes, os desprotegidos da sociedade, os desempregados, os doentes, os excluídos, as crianças, os negros, os pobres, as mulheres, os homossexuais, os idosos, os refugiados, etc.

Chegamos ao final do ano de 2020 com quase 200 mil mortos pela pandemia de Covid-19 no Brasil. Por isso, não temos como negar, 2020 foi um ano das trevas, um ano de muita dificuldade para todos os povos do planeta. Nunca na história do nosso país e do mundo se chorou tanto por um ente querido. Quantas lágrimas derramadas? Quantos sonhos interrompidos? Quantos casais desfeitos? Quantas famílias destruídas? Quantas pessoas ficaram órfãos? Quantos amigos perdidos? Quantos idosos? Vizinhos? Quantos famosos? Quantos anônimos? São números, de fato, assustadores.

Diante de tudo isso, não tem como negar, o que mais precisamos, o que mais desejamos, o que mais esperamos para o ano de 2021 é que seja um ano de vitórias, um ano de cura desse maldito vírus. Que todo esse sofrimento, que todo esse “isolamento social”, acabe logo. Que Nosso Senhor Jesus Cristo venha ao nosso socorro e nos ajude à enfrentar toda essa tormenta; que o vírus da Covid-19 seja exterminando da face da terra, se não, controlado, para que à vida volte a ser vivida em sua plenitude, entre beijos e abraços, entre sentimentos, desejos e paixões, seja no trabalho, na empresa, na família, na escola, no trânsito, na academia, na igreja…

Que em 2021 a vida volte à pulsar com vigor, força total. Que possamos recuperar a alegria de viver juntos, onde o amor e o respeito sejam os pilares desse novo tempo. Sem dúvida, isto é o que queremos, isto é o que precisamos, isto é o que desejamos, isto é o que esperamos. Amor e respeito para 2021, só isto, o resto a gente corre atrás e conquista!

Peçamos ainda que o amor e o respeito sejam colocados em prática no ano de 2021. Se assim for, certamente teremos uma sociedade mais justa, igualitária, pacífica, amorosa, acolhedora e fraterna para todos. Onde o amor reina não há espaço para o sofrimento, angústia, solidão, discriminação e o preconceito. O amor e o respeito são os pilares da igualdade entre as pessoas. No ambiente, na sociedade, que há amor e respeito não existe exclusão. Por isso, devemos desejá-los, buscá-los, alcançá-los, conquistá-los, praticá-los.

Desejemos um Ano Novo repleto de amor e respeito para todos, um país mais justo e igualitário para todos; uma cidade mais segura e com saúde para todos; que os políticos pensem mais na República e menos nos interesses particulares; sejamos cidadãos, exijamos os nossos direitos. No entanto, para que isso aconteça, não podemos nos contentarmos com a materialidade da vida.

A vida não se resume nisso aqui, na matéria. A vida é essencialmente sonhos, projetos, realizações, conquistas. As frustações, as derrotas, as decepções, também fazem parte da vida. Mas nós, seres humanos, não podemos nos contermos com os bens materiais que possuímos, achando que estamos “salvos”. Dessa forma, nunca, nunca mesmo, podemos esquecer as palavras do Evangelista João (6, 68): “A quem iremos, Senhor? Só Tu tens palavras de Vida eterna”.

Apesar de todo sofrimento vivido durante esse terrível ano, o ano do coronavírus, é preciso continuar acreditando num mundo melhor, num país melhor, numa cidade melhor. Só o ser humano possui a capacidade de autoconhecimento, de avaliação, de correção. Nesse sentido, temos tudo para acreditar que o cenário e as perspectivas para 2021 serão as melhores possíveis.

Por fim, eu acredito que em 2021 o ser humano será melhor, o brasileiro será melhor, que nós seremos melhores; que seremos pessoas mais centradas, capacitadas no amor e no respeito ao próximo. Você acredita que o ano de 2021 será melhor? Que o ano de 2021 será um ano de vitória? Eu acredito, tenho fé e esperança! Assim, confiante que 2021 será um ano de conquistas, bato no peito e digo com todas as minhas forças: adeus 2020, ano das trevas, ano do coronavírus e bem-vindo 2021, ano de vitória, ano de conquista, Ano de Luz!

Luís Lemos

Filósofo, professor universitário e escritor, autor do livro: “Jesus e Ajuricaba na Terra das Amazonas”.
Instagram: @professorluislemos
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC94twozt0uRyw9o63PUpJHg


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •