Foto: Divulgação
Compartilhe

Renato Gaúcho não é mais o técnico do Flamengo. A decisão pelo desligamento foi anunciada nesta segunda-feira, pouco antes do início do primeiro treino da equipe após a derrota na final da Libertadores para o Palmeiras, no último sábado.

Dessa forma, Renato não cumpre até o final o seu contrato, que acabaria no dia 31 de dezembro. O elo com os jogadores, que ainda mantinha o treinador “vivo” nas semanas antes da final da Libertadores, se fragilizou em função dos últimos resultados, e culminou em sua saída.

A partir de agora, o clube inicia um processo de reformulação que promete ir além da troca de comando. Por enquanto, a equipe deve ser comandada por Maurício Souza, auxiliar e ex-treinador da base.

Substituindo Rogério Ceni, Renato foi anunciado no Flamengo no último dia 10 de julho. Ele comandou a equipe em 37 jogos, acumulando 24 vitórias, 5 derrotas e 8 empates, e encerra sua passagem sem títulos. (Extra)

#Flamengo #Futebol #Polêmica #Demitido #RenatoGaúcho #Libertadores


Compartilhe