Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tão logo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial da CoronaVac neste domingo (17), foi aplicada a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Quem a recebeu foi Mônica Calazans, enfermeira do Hospital Emílio Ribas.

Obesa, hipertensa e diabética, Mônica faz parte do grupo de risco da Covid mas, mesmo assim, atua na linha de frente no combate à doença. Ela trabalha na UTI do Emílio Ribas, que tem leitos exclusivos para pacientes com a doença do coronavírus.

Fiador da dose desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e fabricado no Brasil pelo Instituto Butantan, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), esteve presente na aplicação da vacina. Logo depois que Mônica foi imunizada, ele posou com ela para fotos, aplaudindo-a.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •