Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O artista plástico Júnior de Souza não resistiu às complicações da Covid-19 e faleceu no Hospital Do Rocio, em Campo Largo, Paraná, na tarde desta segunda-feira, 1° de março. A confirmação da morte do parintinense que lutava pela vida em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há foi feita pela esposa, a técnica em enfermagem, Milena de Souza, em comunicado nas redes sociais. 

Júnior de Souza estava internado no Hospital Do Rocio há um mês e ficou entubado a partir da segunda semana de fevereiro. O artista plástico contraiu a Covid-19 em Parintins na primeira quinzena de janeiro e foi internado no Hospital Jofre Cohen, mas devido às complicações da doença houve a necessidade de transferência para UTI.

O filho mais velho de Júnior de Souza, o arquiteto Pablo de Souza, que acompanhava o pai no Paraná, alertou que o pai já não respondia ao tratamento. “A situação do papai é gravíssima, ele não vem mais respondendo ao tratamento (Antibióticos), a pressão está com uma alta dose de droga para se manter, o pulmão parou e o rim está próximo de uma parada. Segundo o médico, se hoje ele precisar de uma hemodiálise, corre risco dele ter uma parada cardíaca. Eles vão lutar até o fim junto com ele, as próximas 48hs serão fundamentais”, publicou o filho no início da tarde. 

Porém, todos os esforços médicos da equipe do Hospital Do Rocio não impediram a morte do artista plástico que integrou a Comissão de Artes e concorreu à presidência do Boi Garantido em 2020. Júnior de Souza, junto com a equipe, era especialista em alegorias estratégicas de rituais indígenas apresentadas na arena do Bumbódromo no Festival Folclórico de Parintins. O artista plástico consolidou a carreira no Boi Garantido e teve passagem pelo Boi Caprichoso de 2015 a 2018. 

Por motivo de recuperação da saúde, pós cirurgia no coração, em 2019, último festival de Parintins antes da pandemia da Covid-19, Júnior de Souza não fez alegoria e foi o responsável pela direção do espetáculo “Nós, o Povo” que consagrou o Boi Garantido campeão. O artista plástico também foi Subsecretário Municipal de Cultura e Turismo de Parintins durante parte do mandato do ex-prefeito Alexandre da Carbrás de 2013 a 2016.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •