Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Muita pompa para inauguração da Arena da Amazônia, mas um grupo acabou esquecido pelas autoridades municipais e estaduais. As pessoas com dificuldades de locomoção não tiveram transportes adaptados e foram conduzidos em Vans comuns e na descida deles no Centro de Convenções, o Sambódromo, onde foi reservado como estacionamento, eles tiveram ser carregados para saírem dos veículos.

Para Said Iamut, da Associação dos Deficientes Físicos do Amazonas, a maneira como eles foram transportados hoje para a inauguração da Arena, foi trágico. “O acesso as Vans, que não tinha adaptações foi difícil e a logística montada completamente desorganizada”, acrescentou, afirmando esperar que na próxima vez, prefeitura de governo do estado tomem providências para acabar o transtorno.

Site vendeu espaço de cadeirantes

Outro problema foi enfrentado na inauguração da Arena, foi a venda de ingressos pelo site https://www.ingresse.com.br/all/wall/SP, várias pessoas que compraram os bilhetes ao chegaram no estádio descobriram que o espaço onde deveriam ficar para assistir a partida Nacional e Remo, era reservado a cadeirantes.

Foi muita confusão e as pessoas acabaram tendo de ser removidos para um outro espaço que se quer estava liberado para ser utilizado na Arena.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •