Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O canal do YouTube Terça Livre e o perfil pessoal no Instagram do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos estão fora do ar desde terça-feira (12). As contas foram suspensas por uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, no inquérito que apura a atuação de milícias digitais.

Na última sexta-feira (8), o Twitter também tirou do ar o perfil do blogueiro na rede. Procurados pelo jornal O Globo, o Youtube, o Instagram e o Facebook informaram que o canal Terça Livre TV foi removido das plataformas em cumprimento a uma decisão proferida em processo judicial que está sob segredo de justiça.

Neste ano, o canal do YouTube Terça Livre chegou a ficar fora do ar por alguns períodos por determinação da própria rede social. Conforme o Google, na época, o canal foi desativado por violar as diretrizes da plataforma.

O inquérito das milícias digitais foi aberto em julho do ano passado para investigar a atuação de uma organização criminosa que atua nas redes sociais com o intuito de produzir, publicar, financiar e distribuir conteúdo político que atente contra as instituições democráticas.

Allan dos Santos também é alvo de outro inquérito que investiga um grupo que usa redes sociais para organizar atos antidemocráticos como protestos que pedem o fechamento do Congresso Nacional ou intervenção militar. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •