Compartilhe

A partir desta quarta-feira (26), o Casarão de Ideias lança um quebra-cabeça virtual em homenagem a um dos monumentos mais emblemáticos do Estado, o Teatro Amazonas, que em 2021 completou 125 anos. Além disso, o espaço cultural, localizado na Rua Barroso, bairro Centro, Zona Sul da capital, recebe a ocupação ‘Teatro Amazonas – Um Jogo em Memórias’, com entrada gratuita.

De acordo com João Fernandes, diretor do Casarão de Ideias, o objetivo do ‘jogo’ é preservar a memória da construção arquitetônica mais famosa do Amazonas, e proporcionar para todos aqueles que acessam, uma experiência única. “Esse projeto só foi possível graças a doações, por meio de vaquinha virtual, e também a uma iniciativa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), aprovada em abril do ano passado”, comentou ele, lembrando ainda das parcerias firmadas com a Benfeitoria, espaço virtual onde foram feitas as doações, e com a Sitawi Finanças.

Ainda de acordo com Fernandes, a cada peça encaixada no quebra-cabeça, que encontra-se no site casaraodeideias.com.br/puzzle/, o usuário da plataforma terá acesso a uma informação diferenciada sobre a construção do teatro. “Ao final da montagem, todos terão a oportunidade de fazer um tour virtual que, certamente, irá proporcionar uma experiência diferenciada, tendo em vista que a visita poderá ser feita sem sair de casa e na palma da mão”, disse ele.

O jogo foi criado por gamers amazonenses e conta com 36 peças. “O Teatro Amazonas é símbolo maior do nosso Estado e da nossa cultura. Por isso, nada mais justo do que no seu 125º aniversário colocarmos em prática um projeto tão importante que preservará sua memória”.

300x250tce

Ocupação

Em paralelo ao jogo virtual, o espaço cultural Casarão de Ideias recebe uma ocupação com o mesmo nome do jogo. A mostra, que terá entrada gratuita, fica em cartaz até o dia 27 de março, data em que é comemorado o Dia do Teatro. A curadoria é do próprio João Fernandes e remete o público ao monumento.

“Aqui montamos um espaço para as pessoas se sentirem próximas ao teatro, com elementos que vão de colunas, espelhos, o famoso teto do teatro até a conhecida cúpula pelas mãos do artista plástico Jair Jacmont. É um espaço cheio de releituras do nosso maior cartão postal”, finaliza ele.

Vale ressaltar que a visitação será realizada de quarta-feira a domingo, sempre das 15h às 20h30, em grupos de dez pessoas por horário, com o uso da máscara e a apresentação do cartão de vacinação indispensáveis.


Compartilhe