Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Governo do Estado, por meio do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), em parceria com Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública (Iesp), realizou na manhã de sexta-feira (18/09) um simulado operacional do Curso de Formação dos Bombeiros Militares da Saúde.

O objetivo foi avaliar as ações e conhecimentos que os novos 425 militares, oficiais, sargentos e cabos adquiriram durante o curso de formação conforme explica o comandante-geral do CBMAM, coronel BM Danízio Valente. “Apesar de não serem militares combatentes, eles atuarão na linha de frente do resgate e atendimento pré-hospitalar. As avaliações são importantes para que eles [novos militares] já tenham a rotina dos combatentes”, informou ele.

O diretor-geral do Iesp, coronel PM Aldo Albuquerque, ressaltou o compromisso da instituição com a sociedade. “Falamos desde o início do curso que buscamos nessa capacitação a gestão da qualidade no ensino, fator preponderante para que possamos ter profissionais capacitados e, acima de tudo, entregar um serviço de excelência à sociedade”, frisou a autoridade militar.

Durante a avaliação, os militares da saúde simularam ocorrências como resgate e atendimento pré-hospitalar em incêndio em residência, salvamento veicular, salvamento em altura, resgate em espaço confinado, manejo de produtos perigosos, bem como intoxicação de vítimas por esse tipo de substância, além do resgate aeromédico. O CBMAM contou ainda com o apoio do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Dois simulados – Por medida de saúde, a avaliação dos novos militares ocorreu em dois momentos: o primeiro no Centro de Treinamento Harpia de Fogo, das 8h às 10h, e o segundo no Centro de Treinamento Preven Fire, na avenida Colantino Aleixo, 58, bairro Puraquequara, das 10h ao meio-dia.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •