FOTOS: Divulgação/Seduc-AM
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto já supervisionou os dados coletados pelo Censo Escolar da Educação Básica/Módulo Situação do Aluno, por meio da ferramenta on-line Educacenso, em 49 municípios do Amazonas. O objetivo é que todas as cidades do estado tenham suas informações coletadas revisadas pela ação, com exceção das interestaduais, para a conferência dos dados apurados durante a fase de coleta do Rendimento e Movimento Escolar/2020, iniciada em 22 de fevereiro deste ano.

Até o momento, a secretaria supervisiou as informações dos seguintes municípios: Tabatinga, Benjamin Constant, Atalaia do Norte, São Paulo de Olivença, Parintins, Nhamundá, Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Maués, Itapiranga, Urucará, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tefé, Alvarães, Japurá, Juruá, Maraã, Uarini, Canutama, Lábrea, Tapauá, Manicoré, Novo Aripuanã, Careiro, Manaquiri, Careiro da Várzea, São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro, Barcelos, Amaturá, Santo Antônio do Içá, Tonantins, Jutaí, Fonte Boa, Coari, Codajás, Anori, Anamã, Manacapuru, Caapiranga, Beruri, Novo Airão, Iranduba, Borba, Nova Olinda do Norte, Autazes, Itacoatiara e Urucurituba.

As cidades restantes terão seus dados revisados até a sexta-feira (07/05). Durante a ação, a Secretaria de Educação reuniu com secretários municipais de Educação, coordenadores regionais de Educação, gestores, secretários escolares e coordenadores municipais do Censo Escolar. O objetivo é supervisionar e validar as informações coletadas e, caso haja desencontro de dados, solicitar a retificação dos informes.

Realizado anualmente pelo Ministério da Educação (MEC), Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e Diretoria de Estatísticas da Educação Básica (DEEB), em parceria com as secretarias estaduais e municipais de Educação, o Censo Escolar é uma pesquisa declaratória, que visa levantar informações estatístico-educacionais sobre a Educação Básica brasileira.

É com base no levantamento que são transferidos recursos para programas federais, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), e o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Questionário – Neste ano, durante o período da coleta do Módulo Situação do Aluno, os gestores das escolas públicas e privadas tiveram de responder ao formulário da “Resposta Educacional à Pandemia de Covid-19 no Brasil”. A pesquisa tem como objetivo identificar as ações adotadas pelas escolas brasileiras, diante da necessidade de medidas de enfrentamento à disseminação do novo coronavírus.

Educacenso – O Educacenso é uma ferramenta web disponibilizada pelo MEC-Inep para coletar os dados do Censo Escolar. Por meio dela, é possível obter informações individualizadas de cada estudante, professor, turma e escola do país, tanto das redes públicas quanto privadas.

Os dados coletados corroboram com aprimoramento da gestão na Educação; e permitem que sejam desenvolvidas políticas educacionais capazes de modificar cenários severos no segmento. Em 2020, somente no Amazonas, foram reunidas informações individualizadas de 5.308 unidades de ensino, 1.157.298 matrículas e 52.024 docentes.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •