Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em período de pandemia, em que o trabalho remoto se tornou um recurso de extrema necessidade, o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) se dispõe a dividir seus conhecimentos com aqueles que precisam dominar essas técnicas. A equipe pedagógica do Centro está preparada para atender demandas de grupos de profissionais diversos, interessados em aprender mais sobre o uso das ferramentas digitais no ambiente de trabalho.

Desta segunda-feira (05/04) até a quarta (07/04), mais de 70 servidores da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) receberão uma capacitação, das 19h30 às 21h30, de forma remota. O objetivo é orientá-los sobre a utilização dos recursos digitais, visando a melhoria do trabalho realizado em parceria com o Cetam nos Centros Estaduais de Convivência da Família (CECFs).

A instituição se encontra presente nesses locais, ofertando cursos diversos de curta duração. “O Cetam tem o compromisso de promover a educação profissional como instrumento de cidadania. E estamos sempre buscando meios de melhor ajudar a população”, disse o diretor-presidente do Cetam, professor José Augusto de Melo Neto.

De acordo com o professor, recentemente foi lançado, pelo Cetam, o “Guia metodológico para o ensino remoto”. A intenção é ajudar na aprendizagem dos alunos, para que não fiquem prejudicados por conta do contexto de pandemia, tanto na capital quanto no interior do Amazonas. Gerentes e instrutores participaram de capacitação para melhor aplicarem o conteúdo pedagógico proposto.

Desafios – Segundo a diretora acadêmica do Cetam, professora Rita Mara Garcia, a execução dos cursos de qualificação profissional da instituição, por meio do ensino remoto, em parceria com a Seas, se fortalece com a capacitação digital promovida pelo Cetam.

“Precisamos caminhar alinhados com o uso inteligente de recursos e ferramentas digitais, para enfrentarmos, de forma segura, os desafios vivenciados no cenário pandêmico”, destaca.

Para a coordenadora técnica do Cetam e responsável pela organização da capacitação de servidores da Seas, professora Lussandra Mirelli, a iniciativa visa melhorar o processo colaborativo no trabalho em conjunto com o Cetam, nos Centros de Convivência.

“O uso da educação digital, com as tecnologias de informação e comunicação, torna-se um aliado diante dos desafios nesse novo cenário que o mundo está enfrentando.”


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •