Compartilhe
  • 53
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    53
    Shares

Dez dias depois de contratar a empresa F.M. Indústria Gráfica e Locação de Máquinas e Equipamentos LTDA. (GRAFTECH TECHSOUND) para prestação de serviços de locação de equipamentos de sonorização pelo valor global de R$ 425 mil; locação de palcos, equipamentos de iluminação e sonorização, R$ 174.500,00 e sonorização e locação de tendas, R$ 108.400,00, num total: R$ 707.900,00, Clizares Doalcei Silva de Santana foi exonerado nesta segunda-feira da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc). O controlador geral do Estado, Arthur Zahlut Lins, vai assumir a pasta em substituição ao apadrinhado do deputado federal Silas Câmara que deixa o órgão três meses depois de assumir.

O decreto de exoneração foi assinado pelo governador Amazonino Mendes. Apesar todos na sede do governo afirmaram que Clizares Santana deixa o cargo, a pedido, em razão das eleições deste ano fontes do Fato Amazônico que recém contratação de Clizares foi que acelerou sua queda no governo.

O advogado e economista Arthur César Zahluth Lins, controlador geral do Estado vai assumir a pasta

A saída também atende determinação do governador para que titulares de órgãos da administração estadual que têm pretensões eleitorais deixem os cargos que ocupam no governo.

Arthur Zahlut Lins vai acumular a gestão da Sejusc e da Controladoria Geral do Estado (CGE) até a escolha de novo gestor para a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania.

Sonorização de palco por R$ 707.9 mil contratado por Clizares Santana provoca pesada tempestade lá pelo lados da Compensa


Compartilhe
  • 53
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    53
    Shares