Compartilhe

ROMA, 12 JAN (ANSA) – Enfrentando um crescimento exponencial dos casos de Covid-19, a Itália registrou um novo recorde de vacinação em um único dia.   

De acordo com o coordenador das ações do governo contra a pandemia, Francesco Figliuolo, foram aplicadas cerca de 686 mil doses na última terça-feira (11), superando o recorde de 28 de dezembro (619 mil).   

Isso significa que pouco mais de 1% da população italiana foi vacinada contra a Covid em um único dia. No entanto, das 686 mil pessoas imunizadas na última terça, apenas 77,5 mil tomaram a primeira dose, sendo 48 mil crianças de até 11 anos.   

Além disso, 22,5 mil indivíduos a partir de 50 anos, grupo para o qual a vacinação se tornou obrigatória, iniciaram seu ciclo de imunização. 

Segundo o governo, mais de 2,1 milhões de pessoas nessa faixa etária ainda não têm cobertura vacinal, cifra que sobe para mais de 5 milhões quando se considera toda a população adolescente e adulta.   

Até o momento, cerca de 81% dos habitantes da Itália já concluíram o primeiro ciclo de imunização, enquanto 41% tomaram a dose de reforço.   

Devido à disseminação da variante Ômicron, o país enfrenta uma onda sem precedentes na pandemia e registrou na última terça 220.532 casos, maior número diário desde o início da crise sanitária.   

As mortes (294 na terça) também estão em alta, porém em ritmo mais lento, e voltaram ao patamar do início de maio. (ANSA).   


Compartilhe