Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O São Paulo foi pego de surpresa e não fez sua estreia no Campeonato Brasileiro no último domingo, já que o STJD suspendeu o confronto com o Goiás a poucos minutos da bola rolar por conta dos casos de Covid-19 no adversário. Apesar do prejuízo e do desgaste de viajar até Goiânia, o adiamento da partida ajudou Fernando Diniz a ter mais tempo para preparar uma novidade na equipe.

Isso porque o treinador do Tricolor promoverá uma modificação no time titular e, consequentemente, no sistema tático. Caso repita a escalação que enfrentaria o Goiás, Diniz sacará Alexandre Pato, que será substituído por Liziero na partida contra o Fortaleza, na próxima quinta-feira, às 19h15, no Morumbi.

O primeiro treinamento do São Paulo no CT da Barra Funda nesta semana ocorreu na segunda-feira de manhã. A partir desta terça, Diniz terá mais duas sessões de treino para ajustar os últimos detalhes da equipe, que apresentou problemas nas últimas rodadas.

Com a entrada de Liziero, o Tricolor deve passar a atuar em uma espécie de 4-1-4-1, deixando o 4-3-3 de lado. A tendência é que Tchê Tchê seja o primeiro volante e Liziero seja posicionado ao lado de Daniel Alves no meio-campo, com Igor Gomes sendo deslocado pela direita.

Com essa escalação e formação, Diniz pretende povoar o setor do meio-campo e ganhar mais um jogador que auxilie na marcação, visto que o sistema defensivo do São Paulo foi muito questionado nas últimas partidas. Afinal, o time sofreu sete gols em três jogos desde o reinício do futebol.

Depois de duelar com o Fortaleza, o Tricolor viajará ao Rio de Janeiro, onde enfrentará o Vasco, no domingo, às 16h, em São Januário. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •