Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

De olho no jogo contra o Uruguai, na próxima quinta-feira (14/10), pela 12ª rodada das eliminatórias da Copa do Mundo 2022, a Seleção Brasileira iniciou nesta terça-feira a preparação para o jogo na Arena da Amazônia, com a presença de 14 mil torcedores.

Após o aquecimento, o técnico Tite comandou no estádio Ismael Benigno – a Colina, uma sessão de treinamentos táticos e esboçou a equipe que entrará em campo. A principal novidade foi a presença de Raphinha, que trabalhou entre os titulares no lugar de Gabigol.

No entanto, o time inicial pode contar com mais novidades além do atacante do Leeds United. Emerson Royal treinou na lateral-direita no lugar de Danilo, e Lucas Veríssimo tem a chance de ganhar mais uma oportunidade ao lado de Thiago Silva, que deve retomar a condição de titular.

Também é possível que aconteça uma mudança no gol brasileiro. Ederson participou das atividades no lugar de Alisson e deve começar jogando contra a Celeste.

Com isso, a provável escalação do Brasil para enfrentar o Uruguai é: Ederson; Emerson Royal, Lucas Veríssimo, Thiago Silva e Alex Sandro; Fabinho, Fred e Lucas Paquetá; Raphinha, Gabriel Jesus e Neymar.

Pé quente

Líder invicto das Eliminatórias, o Brasil realiza o último treino antes do clássico na tarde desta quarta-feira (13/10), na Arena da Amazônia.

Vale lembrar que o estádio construído para a Copa do Mundo de 2014 foi onde Tite estreou no comando da Canarinho em solo brasileiro. Em 2016, o Brasil venceu a Colômbia por 2 a 1 com gols de Miranda e Neymar.

Já no primeiro encontro pelas Eliminatórias da Copa 2022 em Montevidéu, pela 5ª rodada, o Brasil venceu por 2 a 0, com gols de Arthur e Richarlison.

Uruguai pressionado

Se o clima, o retrospecto e a cidade estão favoráveis para os brasileiros, a situação não é a mesma do lado uruguaio. Principalmente após Lionel Messi liderar a Argentina na vitória por 3 a 0 no último domingo (10/10) diante da equipe de Suárez e Cavani.

O Uruguai caiu para a quarta posição na tabela das Eliminatórias, foi ultrapassado pelo Equador e vê em risco a vaga direta para a Copa do Catar 2022.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •