Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em entrevistas a programa TV e portal, o candidato a prefeito de Manaus, Zé Ricardo (PT), o “Homem da Kombi”, da coligação “Manaus pela Vida, pelos Pobres” (PT/Psol/Rede), afirmou na manhã da última segunda-feira (28) que, na sua gestão, irá criar uma Agência de Desenvolvimento para atrair investimentos e captar recursos, nacionais e internacionais, dando apoio para quem está empreendendo ou quer montar seu próprio negócio, além de diminuir a burocracia municipal.

Manaus está no topo do ranking nacional (18,5%), com maior índice de desemprego no primeiro semestre deste ano, de acordo com o IBGE. Para Zé Ricardo, a Prefeitura tem o dever de ajudar a criar mais empregos e renda à população da cidade, no apoio a empreendimentos, micros e pequenas empresas, na organização dos trabalhadores da informalidade, dos autônomos. “Se o desemprego já preocupava antes, pior agora com a pandemia. Por isso, defendo que a Prefeitura precisa ir para fora da capital e do país mostrar as inúmeras possibilidades que temos para Manaus. E assim possa investir no turismo, na produção de alimento, na segurança alimentar e ser uma grande geradora de emprego”.

Outra meta do candidato é apoiar o primeiro emprego e também criar uma Central de Informação Municipal para uma gestão de resultados. Também irá investir no turismo e no fortalecimento de cadeias produtivas, como de pescado e da agricultura familiar. “A nossa prioridade é garantir a vida das pessoas, com saúde, com  renda e com oportunidades”, disparou.

Contrariando a atuação das tradicionais gestões municipais, a candidata à vice-prefeita, Marklize Siqueira (Psol), defendeu a inversão de prioridades, olhando para aqueles que mais precisam. “Muitas mulheres sofrem diariamente com a falta de emprego para alimentar e criar seus filhos. Na nossa gestão, daremos prioridade para área de emprego e renda, sobretudo, para as famílias mais pobres de nossa cidade”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •