Foto: Reprodução/YouTube
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pré-candidato às eleições de 2022, o apresentador do Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, José Luiz Datena (PSL), negou que esteja de saída da emissora para concorrer à Presidência da República em 2022. Ele afirmou que, mesmo que deixasse o canal, seria em último caso, três meses antes do pleito, prazo estipulado pela Justiça Eleitoral.

“Quero dizer que é mentira que vou sair da Bandeirantes para concorrer à eleição. Mesmo porque, se eu tiver que deixar a TV para concorrer, só em último caso mesmo em cargo executivo. Eu deixaria a TV perto das eleições com qualquer trabalhador brasileiro em prazo regulamentar”, disse Datena no Manhã Bandeirantes, da rádio da emissora, nesta quinta (14/10).

Em tom incisivo, o apresentador criticou as pessoas que, segundo ele, têm espalhado “fake news” sobre o assunto. “Seus manés, quem espalha notícias falsas tinha que ir para o fundo da jaula. Seus canalhas, vagabundos, que são financiados por outros para espalhar mentira. Essa praga do fake news tem que acabar. Tem muita gente que não quer me ver aqui para eu não descer o cacete em todo mundo”, afirmou.

Datena se filiou recentemente ao PSL, que se fundiu ao DEM, dando origem ao partido União Brasil. No Manhã Bandeirantes, ele foi otimista ao dizer que surge no cenário político para desfazer a polarização entre direita e esquerda.

“Se tiver prévia, eu vou e ganho dos caras. E se eu sair candidato à Presidência, se cuidem aí os polarizados, porque eu vou despolarizar essa bagaça aí, porque eu só tenho uma intenção ao entrar para a política: o interesse público”, declarou.

Ele chegou a falar algo similar no Brasil Urgente nesta semana: “Platão, que foi um sábio, dizia: se você não entrar na política e não for um bom cidadão, com boa intenção – e meu único interesse em entrar na política, o mau político continuará lá e ele vai ocupar o lugar do bom político”.

(Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •