Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Por iniciativa da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Manaus (COMDEC/CMM) será lançada, na próxima quinta-feira (13), às 9h, no plenário do Legislativo Municipal, a campanha de ‘Olho no preço’. O novo instrumento em prol dos direitos do consumidor na capital amazonense visa combater a variação entre os valores indicados na prateleira e aqueles cobrados na ‘boca do caixa’ dos supermercados da cidade.

“Hoje, há uma lei que permite ao consumidor levar a mercadoria menor preço. Com a campanha, quem comprar e encontrar diferença de valores vai levar o produto de graça”, afirmou Álvaro Campelo (PP).

De acordo com o presidente da COMDEC/CMM, durante o lançamento da campanha, as grandes redes de supermercados vão assinar um documento por meio do qual vão se comprometer a respeitar os pontos acordados no termo de cooperação firmado entre os estabelecimentos comerciais e os órgãos de defesa do consumidor.

Mecanismo

Conforme Álvaro Campelo, a campanha ‘De olho no preço’ pretende impedir que o preço exposto em gôndolas, vitrines, cartazes, encarte ou em propagandas locais seja majorado na hora do pagamento no caixa.

Caso a variação seja para maior, o consumidor terá o direito de levar o produto de graça e o estabelecimento poderá ser multado em até R$ 1 mil por dia. Se a majoração ocorrer em mais de um produto, somente o primeiro será de graça, enquanto que os demais serão cobrados pelo menor preço exposto.

O gerente do supermercado Veneza, Júlio César Lima Farias, declarou que a iniciativa vai obrigar os grandes estabelecimentos varejistas a ficarem mais atentos na hora de registrar o preço dos produtos. “As empresas terão que redobrar a atenção”, frisou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •