Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O delegado do 19º Distrito Integrado de Polícia, Guilherme Torres Ferreira, 37 anos, será o titular da recém-criada Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (DECCOR). A nomeação do delegado que já comandou o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), foi publicada na noite da segunda-feira (17), em suplemento do Diário Oficial do Estado do Amazonas.

A edição trouxe ainda a publicação da Lei nº 5.211, que criou a Delegacia Especializada em Combate à Corrupção, aprovada pela Assembleia Legislativa do Amazonas na última quinta-feira (13), depois de muita polêmica.

A matéria foi aprovada debaixo de discussões acaloradas sobre a autonomia que a delegacia terá ou não para investigar irregularidades no próprio governo estadual.

Dos deputados presentes na votação, apenas Wilker Barreto (Podemos) votou contra a criação da delegacia e o deputado Dermilson Chagas (Podemos) se absteve. Barreto justificou que não daria seu voto em favor de criar uma delegacia sem isenção, com o delegado sendo indicado pelo governador. 

Governador sanciona lei que cria Deccor

O governador Wilson Lima sancionou a Lei 5.211/2020, que cria a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor), no âmbito da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado do dia 14 de agosto e a unidade já tem titular, o delegado Guilherme Torres Ferreira, designado por meio de portaria assinada pela delegada geral da PC-AM, Emília Ferraz.

A Portaria 1.049/2020-GDG/PC também foi publicada com data de 14 de agosto de 2020. Conforme a Lei 5.211, sancionada pelo governador do Amazonas, a Deccor tem como atribuição prevenir, reprimir e promover o combate à corrupção, atuando na apuração de toda e qualquer forma de corrupção e desvio de recursos públicos praticados contra o patrimônio da administração pública estadual e municipal.

A Deccor também poderá se articular com outras instituições policiais, órgãos da administração direta e indireta, agências e instituições de inteligência para trabalho de cooperação, troca de informações e apoio operacional.

Na ocasião em que assinou a mensagem do Projeto de Lei que criou a Deccor, Wilson Lima destacou que a iniciativa é importante para dar transparência e lisura necessária aos investimentos de recursos públicos. Ele disse, ainda, que a criação da delegacia está alinhada com a proposta do Governo Federal, que promete liberar recursos específicos para o combate a esse tipo de crime.

Conheça o Delegado

Bacharel em Direito pela Universidade Nilton Lins, Guilherme Torres é pós-graduado em Direito Penal e Processo Penal pela Universidade Cândido Mendes. Antes de compor o quadro efetivo da Polícia Civil do Amazonas, chegou a atuar como professor universitário no curso de Direito.

O novo delegado da Delegacia Especializada em Combate à Corrupção do DRCO também é autor do livro: ‘Prisões cautelares: um estudo esquematizado’, publicado em 2012, pela gráfica e editora Belvedere Ltda.

Guilherme atuou como adjunto na 77ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Novo Airão, município distante 115 quilômetros em linha reta de Manaus. Posteriormente passou a responder pela titularidade da 45ª DIP, situada em Urucará, município distante 261 quilômetros em linha reta da capital.

O delegado integrou, ainda, o quadro de servidores lotados na Estratégia Estadual de Segurança Pública na Fronteira (Esfron), em Tabatinga, distante 1.108 quilômetros em linha reta de Manaus. Já na capital, Guilherme Torres atuou como delegado titular do 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus. Em junho de 2016 foi nomeado diretor-adjunto do DRCO onde permaneceu por 2 anos e foi transferido para o 19º DIP.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •