Alejandro Valeiko
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A desembargadora Joana dos Santos Meirelles, plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas, acatou na noite de sábado (5) pedido dos advogados Marco Aurélio de Lima Choy e Yuri Dantas, e deferiu liminar em habeas-corpus e substituiu a prisão temporária de Alejandro Molina Valeiko, em prisão domiciliar.

Em sua decisão, a desembargadora determina que Alejandro Molina Valeiko, em 24 horas se apresente ao delegado da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, para cooperar com as investigações que apuram a morte de Flávio Rodrigues dos Santos.

Alejandro Valeiko teve a prisão temporária decretada na noite da última quinta-feira (3) pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga.

De acordo com defesa Alejandro tem necessidade de internação psiquiátrica e atualmente está em tratamento em uma clínica especializada no Rio de Janeiro.

Entenda o caso

O engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos foi encontrado morto no início da tarde da segunda-feira (30), em um terreno no Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

Flávio estava desaparecido a noite de domingo (29), após participar de uma festa no condomínio de luxo Passaredo, que fica Ponta Negra, área nobre de Manaus.

Confira Decisão

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Clique para baixar


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •