Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu na quarta-feira (29) um homem de 57 anos acusados de maus-tratos, em Brasília (DF). Ele foi preso um dia após a mãe, de 80 anos, morrer em um hospital.

De acordo com a polícia, a mulher, uma alemã naturalizada brasileira, chegou ao hospital na quarta-feira (28) em estado grave. Ela estava bastante debilitada, com escaras pelo corpo, desnutrida e inconsciente. Conforme os agentes, o estado de saúde da vítima era compatível com maus tratos.

A polícia passou a investigar o caso e foi até a residência onde a mulher morava com o filho, que era o único familiar conhecido. No local, havia lixo acumulado, objetos fora do lugar, fezes, urina no colchão onde a vítima dormia, além de um cachorro morto.

Conforme os agentes, foi apreendido ainda munições de calibres .380 e .38. O homem foi preso em  flagrante pela prática dos crimes de maus tratos com resultado morte, cuja pena é de 4 a 12 anos de reclusão, e por posse irregular de munição, com pena de 1 a 3 anos de reclusão. Ele foi encaminhado à carceragem da Polícia Civil e permanece à disposição da justiça. Com informações de Metrópoles.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •