Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No dia 25 de julho, comemora-se o Dia Nacional do Escritor, data escolhida para homenagear esses profissionais indispensáveis para o desenvolvimento da aprendizagem e da cultura, que é um grande estimulo para praticar a leitura, os escritores eternizam assuntos, histórias, e fatos, que servirão de base para os leitores, sejam livros didáticos, de ficção, histórias fantásticas, narrativas breves, crônicas, análises não ficcionais do passado ou do presente, todas têm em comum uma característica: foram escritas por alguém.

Aprendemos a ler e a escrever ainda na infância, atividades que exerceremos ao longo de toda a vida, mas algumas pessoas dedicam-se profissionalmente a elaborar histórias e poemas, textos que nos entretêm e que nos ensinam. Por trás de todo texto existe alguém, tantas vezes invisível quando estamos imersos em um livro, esse alguém é o escritor.

O Dia Nacional do Escritor foi instituído em 25 de julho de 1960, data da realização do I Festival do Escritor Brasileiro, uma iniciativa da União Brasileira de Escritores (UBE). À época, a UBE era presidida por Jorge Amado e João Peregrino Júnior, que propuseram a oficialização anual da data como celebração desses profissionais. As informações são do Mundo da Educação.

Objetivo do Dia Nacional do Escritor

O objetivo de reservar no calendário oficial um Dia Nacional do Escritor é dar mais visibilidade ao trabalho desses homens e mulheres que se dedicam a narrar histórias, tecer universos poéticos, analisar o cotidiano, entreter e ensinar por meio da palavra escrita.

A profissão de escritor é, ainda nos dias de hoje, pouco reconhecida e valorizada, muitos escritores contemporâneos não conseguem sobreviver financeiramente apenas com os direitos autorais de suas obras e, frequentemente, dividem seu tempo entre aulas, palestras e outras atividades. Assim, a celebração do Dia Nacional do Escritor procura nos lembrar dessa profissão essencial para a cultura, a ciência e a memória de um povo.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •