Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Todo ser humano busca ser feliz. Não existe alguém que não queira ser feliz. Tudo o que fazemos, pensamentos e somos é para sermos felizes. Não existe outro caminho. Ser feliz é a nossa meta. Dessa forma, estamos condenados a sermos felizes. No entanto, você já pensou no que é preciso fazer para ser feliz? Qual o caminho a seguir? O que você está fazendo para ser feliz hoje? É possível ser feliz? Como ser feliz?

São João Bosco, fundador dos salesianos, dizia que “Deus colocou-nos no mundo para os outros” numa clara demonstração de que à felicidade humana é servir o seu irmão; no caso de São João Bosco, acolher os jovens pobres e abandonados que os procuravam no Oratório de Turim, na Itália, no ano de 1841, foi o caminho que ele encontrou para ser feliz.

Para o Salmista (32:1-2), “Feliz é aquele que tem suas transgressões perdoadas e seus pecados apagados! Como é feliz aquele a quem o Senhor não atribui culpa e em quem não há hipocrisia!”. E para você, o que é a felicidade? O que você entende por felicidade? O que você está fazendo para ser feliz hoje?

Para mim, ser feliz é ser livre de sentimentos que nos atormentam e nos enganam. Ser feliz é se livrar de toda forma de preconceito, de violência, de ódio, de desamor, de inveja… São esses sentimentos que nos impedem de sermos felizes. E como você consegue se livrar desses sentimentos?

Em primeiro lugar, conhecendo a si mesmo, como dizia Sócrates, para depois você conhecer o outro, o mundo e Deus. Não adianta você querer conhecer o mundo se você não conhece nem a si próprio. O caminho é o autoconhecimento. Ser feliz é conhecer-se a si mesmo, ter amor-próprio e respeito por aquilo que você é, seu corpo, sua memória, sua história de vida.

O filósofo brasileiro Luiz Felipe Pondé, em seu livro “Espiritualidade para Corajosos” (2018), afirma que: “Essa sensação de que constantemente sofremos porque nos iludimos com nossas próprias necessidades é a constante estoica. A busca de superar essa ilusão só pode ser realizada pela prática de desapego”. Mas quem está disposto a tal empreendimento?

Ainda segundo o filósofo, o caminho apontado pelos estoicos para a felicidade humana é esse: desapegar-se! Infelizmente você não pode ser feliz querendo tudo para si. É preciso compartilhar com o outro, com o necessitado, aquilo que você tem, seja bens materiais, educacionais, sociais, afetivos. Não podemos nos enganar, pensando que o mundo material trará felicidade. Ledo engano!

O que nos salva do egoísmo, do materialismo é a solidariedade. O materialismo é o lugar desse engano essencial, uma verdadeira máquina de mentiras à serviço do desconhecimento da verdadeira felicidade. Assim, não pode existir felicidade onde existe egoísmo, preconceito, exclusão.

A felicidade humana é um ato contínuo de acolhimento, de respeito e amor ao próximo. Somente quem não é preconceituoso é feliz. Ou seja, não pode existir felicidade num ambiente ou numa pessoa que prega e vive a exclusão, o desrespeito e o desamor.

A vida feliz transcende os limites do egoísmo e nos faz seres emponderados, seres capazes de fazer tudo, tudo mesmo, de amar e respeitar, em busca da felicidade desejada. Portanto, não há outro caminho, tudo o que fazemos, pensamos e somos é para sermos felizes, queira você ou não, é automático, um impulso vital. A felicidade humana é includente e não excludente. Ela deve ser permanente, bela, poderosa.

Por tudo isso, volto a defender: estamos condenados a sermos felizes! E assim, não devemos nos apegar ao que acaba, ao efêmero, no prazer pelo prazer. Isso não nos traz felicidade. A verdadeira felicidade toca fundo a nossa necessidade de vencer essa sensação esmagadora de que alguma forma de mentira rege o mundo cotidiano. O amor é o caminho da felicidade. É como dizia Santo Agostinho, “Ama e faz o que quiseres”. Enfim, somente quem ama é feliz!

Luís Lemos

Filósofo, professor universitário e escritor, autor do livro: “Jesus e Ajuricaba na Terra das Amazonas”.
Instagram: @professorluislemos
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC94twozt0uRyw9o63PUpJHg


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •