Foto: Divulgação Assessoria
Compartilhe

A inclusão do exame de dosagem de vitamina D, nos exames de rotina de pacientes da rede estadual de saúde no Amazonas agora é obrigatória. A Lei nº 5.790 da deputada estadual, Dra. Mayara Pinheiro (Progressistas), que garante o benefício, foi sancionada pelo Governo do Estado no último dia 12 de janeiro de 2022.

De acordo com a parlamentar, é importante observar os estudos e indicações de cientistas e especialistas no assunto para trabalhar na promoção de políticas públicas que facilitem o acesso do cidadão a direitos fundamentais e essenciais para os devidos cuidados com a saúde.

“Observando e entendendo a importância da informação obtida através desse exame específico, fiz a proposta em 2020 para que o exame de dosagem de vitamina D fosse incluído nos exames de rotina realizados nas Unidades de Saúde Pública do Amazonas. Muitas doenças podem ser tratadas e os sintomas amenizados a partir desses dados, proporcionando melhor qualidade de vida para o paciente. Fico feliz em poder contribuir”, justificou a deputada.

Entre as principais doenças relacionadas à deficiência da vitamina D no organismo, segundo especialistas, estão: câncer, hipertensão, diabetes, enfartos e derrames, além de distúrbios psiquiátricos, como depressão, esquizofrenia na adolescência e distúrbio bipolar.

300x250tce

A pandemia trouxe um grande alerta à  população e comunidade científica sobre a necessidade de Vitamina D. A substância que também é um hormônio, fortalece o sistema imunológico, protegendo o organismo e auxiliando na recuperação de pacientes acometidos pela Covid 19.

“Trata-se de um assunto muito sério e que merece a atenção do poder público. A vitamina D é essencial para formações de ossos, dentes e absorção do cálcio pelo organismo, além de ser uma poderosa aliada no fortalecimento do sistema imunológico, principalmente diante desse quadro grave de pandemia, por isso, esse direito de acesso ao exame de forma gratuita, vai ajudar muitas pessoas que sofrem com doenças relacionadas com a insuficiência da vitamina ou o excesso dela. Infelizmente, algumas pessoas nem sabem que precisam de ajuda, por nunca terem feito o exame”, enfatizou Dra. Mayara.

De acordo com a Lei, os médicos atuantes no Estado do Amazonas serão orientados sobre a necessidade de inclusão do Exame de Dosagem de Vitamina D no rol dos exames de rotina solicitados aos pacientes, bem como, receitar o respectivo suplemento vitamínico quando detectado resultado abaixo do recomendado.

“Meu desejo é de que essa Lei alcance àqueles que precisam, principalmente, os grupos de risco para carência de vitamina D, que são os idosos com mais de 60 anos, gestantes, lactantes, pessoas com osteoporose, raquitismo, depressão e os infectados pelo Coronavírus”, concluiu a deputada.


Compartilhe