Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A expulsão aos 39 minutos do segundo tempo do clássico diante do Avaí, na última terça-feira, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, deve render uma punição grave ao zagueiro Alemão, do Figueirense. Na súmula da partida válida pela 12.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, que terminou com a vitória avaiana por 1 a 0, o árbitro catarinense Rafael Traci disse ter recebido uma peitada e uma cabeçada do defensor, além de xingamentos.

“Após ser advertido com o cartão amarelo, o referido jogador me deu uma peitada sendo expulso de forma direta. Ato contínuo, veio novamente para cima desferindo uma cabeçada e peitando novamente. Após isso, atletas de sua equipe o seguraram porém a todo momento queria vir novamente para cima. Depois de um tempo, retirou-se do gramado. Em todo momento, ficando dizendo: ‘seu filho da p…, safado, tira a camisa deles de baixo, vagabundo'”, relatou o árbitro.

A reclamação de Alemão foi pela falta não marcada de Pedro Castro em Sanchez após uma dividida na entrada da área. No contra-ataque, o Avaí acabou marcando o gol da vitória com o argentino Gastón Rodriguez aproveitando rebote da trave em chute de Romulo.

Na beira da zona de rebaixamento da Série B, o Figueirense volta a campo já nesta sexta-feira contra o Oeste, às 16h30, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 13.ª rodada. (Agência Brasil)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •