Vereador Oncinha Maciel nega a acusação e diz que ato foi consensual - Foto Reprodução do Facebook
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vereador de Urucurituba Jullisson Samir Tavares Maciel (PSL), mais conhecido como “Oncinha Maciel”, denunciado na última terça-feira, dia 14 pelo Ministério Público do Amazonas, suspeito de estupro contra uma adolescente de 15 anos, teve a prisão preventiva decretada.

O juiz Diego Martinez Fervenza, atendeu a pedido do MP e decretou a prisão do parlamentar. De acordo com a decisão proferida pelo magistrado, a vítima contou em denúncia, que o vereador teria chegado em sua casa e mandou que ela tirasse a roupa. Logo em seguida, ele consumou o ato criminoso, segundo a vítima, de forma violenta. Ele ainda teria oferecido uma quantia de mil reais pelo silêncio.

Ao justifica a prisão, o magistrado diz que é para evitar que o acusado empreenda fuga e ainda continue a praticar os atos criminosos. “Com efeito, vislumbra-se a necessidade da decretação da custódia cautelar em face da gravidade do crime perpetrado, sobretudo neste pacato município, de forma que, se solto, o agente poderá tornar a delinquir”, diz o texto.

Em depoimento, o vereador “Oncinha Maciel” negou que tenha cometido crime contra a adolescente, disse ter mantido relação sexual, de forma consensual.

MP Pede Investigação da Câmara

O promotor Kleyson Nascimento Barroso, encaminhou ao presidente da Câmara Municipal de Urucurituba, vereador Cláudio Lima dos Santos um ofício para que o caso seja investigado politicamente.

Tendo em vista a gravidade da denúncia, se comprovada, o vereador se enquadrará na prática de quebra de decoro parlamentar, “em razão de tão repugnante conduta”.

“Tratando-se de processo judicial que tramita em segredo de Justiça, informações e documentos a respeito do caso devem ser solicitados, com a devida confidencialidade, à Delegacia de Polícia, ao Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, ao Conselho Tutelar e à Secretaria da Vara Judicial de Urucurituba/AM”, diz o ofício.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •