Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O hackathon “Manaus Visão Hack Experience” chegou à metade da maratona. Promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), em parceria com o Instituto Visão Amazônica, as primeiras 24 horas foram marcadas pela entrega de duas etapas: resumo estruturado da ideia para resolver o desafio e mapa de funcionalidades.

O mapa de funcionalidades é um documento no qual as equipes irão mostrar toda a estrutura técnica da ideia e como será colocada em prática a solução, explicou um dos coordenadores do evento, Léo David Cunha.

No mapa consta toda a estrutura técnica do produto proposto, para que a comissão possa avaliar se a etapa dois está alinhada à etapa um.

“É a primeira vez que eu e os membros da equipe participamos de um evento como esse. Esperamos trazer uma solução que resulte em melhorias à população”, contou Alice dos Santos, integrante do grupo Hefesto.

O próximo passo será entregar as etapas três e quatro, no domingo, 24/10, contendo os códigos, documentação e o MVP (Minimum Viable Product), em português Produto Mínimo Viável, finalizando com a entrega e apresentação do Pitch (Apresentação de Negócios) de cada equipe.

As nove equipes foram divididas em três cores, cada uma dessas apresenta um desafio, no qual estão trabalhando para solucionar desafios, entre eles “Como desenvolver solução, com atualização em tempo real, que forneça informações sobre as alterações de tráfego no itinerário de cada linha de ônibus da cidade de Manaus?”; “Como desenvolver uma solução capaz de se comunicar com o semáforo, trazendo informações sobre o pedestre no local e ajustando o temporizador de acordo com a necessidade daquela pessoa? Quais tecnologias e equipamentos necessários para resolver o problema dos pedestres com qualquer problema de mobilidade?”; e, por fim, “como desenvolver uma solução capaz de possibilitar ao munícipio e/ou ao Instituto de Mobilidade Urbana (IMMU) realizar fiscalização da implantação e manutenção das sinalizações verticais e horizontais, bem como das anomalias causadas ao trânsito da cidade de Manaus?”.

Durante o dia, o humorista Ícaro Pimenta esteve no evento e realizou algumas dinâmicas e atividades com os participantes, em um momento de relaxamento e descontração.

O projeto

O projeto “Manaus Visão Hack 2021”, em formato de hackathon, prevê a realização de um conjunto de ações, que possuem a finalidade de prospectar soluções inovadoras e sustentáveis para algumas áreas estratégicas da administração pública municipal, além de colaborar com a formação de lideranças e de profissionais das áreas de tecnologia e inovação na cidade.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •