Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Cruzeiro segue com grandes dificuldades para apresentar um futebol convincente na temporada 2020. Na Série B do Brasileirão, o clube já iniciou a competição com seis pontos negativos e vem sofrendo derrotas surpreendentes, que o deixa perto da zona de rebaixamento. A última ocorreu contra o CSA, que vinha com o saco de pancadas do campeonato.

A fase ruim atinge até mesmo o nome mais importante do elenco, o goleiro Fábio. Criticado por torcedores, o veterano usou as redes sociais para falar sobre a atual situação do clube. Ele assegura que está muito chateado com os resultados negativos dentro de campo.

“O que dizer? Cobranças sempre existiram na minha vida, respeito, leio, escuto, me cobro, fico pensativo, que por mais que você faça nunca será o suficiente, mas não desisto. Não meçam ou julguem a dor que sinto em ver o Cruzeiro como está, a minha vida nesses últimos 16 anos esteve entrelaçada ao Cruzeiro, então saibam que sinto sim a dor de um torcedor, me esforço e treino todos os dias com muita vontade e dedicação, não tem um dia que não dou o máximo nos treinos, sempre falei que irei até o fim para ver o Cruzeiro no lugar que nunca deveria ter saído”, escreveu o arqueiro em suas redes sociais.

Experiente, Fábio explica que algumas situações devem ser resolvidas internamente dentro do grupo, até para não piorar ainda mais o clima no Cruzeiro. Com uma mudança de perfil, a equipe mineira conta com muitos jogadores jovens, que ainda tentam se acostumar com a pressão de um time tradicional do futebol brasileiro.

“Não vou expor o que faço internamente, não pensem que não há cobranças, não pensem que não há esforços, não pensem que não sofremos pelo momento, tem coisas que falo, mais tem outras que não precisam ser expostos, vivo bastidores há 23 anos e tenho maturidade do que falar ou não!!! Peço a Deus por esse Clube, faz parte da minha vida, estou triste em ver o Cruzeiro nessa posição, luta e busco uma direção para sairmos dessa situação todos os dias, tenho amor e gratidão enorme pelo Cruzeiro e ninguém vai tirar esse sentimento. Entendam, não expor os bastidores, não quer dizer que não está havendo cobrança, vontade, garra e vergonha na cara. Vou sempre lutar pelo Cruzeiro”, completou. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •