Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), informa que estão suspensas todas as conizações e consultas ambulatoriais ginecológicas até 31 de janeiro. A medida começa a valer na quinta-feira (14/01) e leva em conta o grave cenário da pandemia de Covid-19 no Amazonas.

 As conizações do colo do útero são cirurgias eletivas de pequeno porte indicadas para pacientes portadoras de lesões precursoras cervicais de alto grau, causadas pelo Papilomavírus humano (HPV). Segundo a ginecologista e chefe do serviço de Ginecologia da FCecon, Mônica Bandeira, neste momento, a prioridade é realizar cirurgias em pacientes já diagnosticadas com câncer, que não podem aguardar pelo tratamento.

 “A FCecon é um hospital de alta complexidade, referência no tratamento de pacientes portadores de câncer com cirurgias de grande porte, assim como quimioterapia e radioterapia, portanto, são pacientes imunossuprimidos e de altíssimo risco para o Covid”, afirma Mônica Bandeira.

 Suspensão – As conizações e consultas ambulatoriais ginecológicas estarão suspensas de 14/01 a 31/01 e o seu retorno será avaliado pela gerência de Ginecologia, junto à Direção da FCecon, levando em conta a situação epidemiológica da Covid-19.

 As pacientes que já têm procedimentos marcados serão informadas e atendidas quando os procedimentos retornarem.

 Outros – Até o momento, a FCecon não tem previsão para cancelamento das consultas ambulatoriais de outras especialidades. Quaisquer mudanças serão informadas oficialmente pela Fundação.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •