Reprodução/TV Globo
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) emprega, no gabinete na Câmara dos Deputados, Gerson Conceição de Oliveira, um dos filhos afetivos com quem está proibida pela Justiça de ter contato.

Gerson está lotado no gabinete da parlamentar desde fevereiro de 2019, com remuneração de R$ 15.698,32. As informações foram reveladas pelo jornal Extra e confirmadas pelo Metrópoles junto à Casa Legislativa.

Gerson é investigado por suspeita de participar do assassinato do pastor Anderson do Carmo, em junho do ano passado. Ele não foi alvo da última operação, que mirou Flordelis e outras 10 pessoas.

Apesar de ser apontada como a mentora do homicídio, a deputada federal não foi presa devido à imunidade parlamentar. Por causa disso, não pode manter contato com testemunhas e investigados, como é o caso de Gerson.

Segundo o Extra, são investigados também a neta biológica de Flordelis, Lorrane dos Santos Oliveira; a empregada da família, Gilcinéa Teixeira do Nascimento; e o motorista da pastora, Márcio da Costa Paulo, o Buba.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •