Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pressionado após goleada sofrida para o Independiente Del Valle, por 5 a 0, o Flamengo ganhou um problema extra para o jogo contra o Barcelona (EQU), pela Copa Libertadores: o atacante Gabriel Barbosa lesionou a coxa direita.

O Flamengo informou, neste domingo, que o atacante foi submetido a exame por sentir dores na parte posterior da coxa direita. O resultado apontou a lesão. A gravidade do problema não foi relatada e, sim, que Gabigol já iniciou tratamento. Desta forma, o artilheiro rubro-negro é dúvida para o jogo contra o Barcelona.

Caso Gabigol não tenha condição de entrar em campo, o técnico Domènec Torrent pode escalar Pedro como centroavante (Lincoln também é opção para a posição). Outra possibilidade é centralizar Bruno Henrique, que voltou a atuar contra o Del Valle, no comando do ataque.

O jogo contra o Barcelona, nesta terça-feira, às 19h15 (horário de Brasília), em Guayaquil, no Equador, é de vital importância para o Flamengo, até para amenizar a pressão após a goleada sofrida. O Rubro-Negro tem seis pontos no Grupo A da Libertadores e ocupa a segunda colocação, três pontos a menos do que o líder Del Valle.

A vitória sobre o Barcelona também é fundamental para dar tranquilidade ao Flamengo, atual campeão da Libertadores, no grupo e, assim, evitar que a vida rubro-negra se complique no torneio.

Flamengo dá respaldo a Dome

Quem está no centro das atenções do Flamengo é o técnico Domènec Torrent. O trabalho do técnico espanhol é questionado pela torcida rubro-negra e a pressão aumentou após a goleada sofrida na última terça-feira. Na primeira declaração pública da diretoria após o vexame, o clube tratou de dar respaldo ao treinador.

Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz garantiu que a diretoria nem sequer cogitou a hipótese de demitir Dome após a goleada e acrescentou que o técnico faz parte do planejamento rubro-negro para a sequência da temporada. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •