Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A vitória do Boi-Bumbá Garantido durante o 49º Festival Folclórico de Parintins será comemorado no próximo sábado (5), a partir das 21h, no Cassino de Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica de Manaus (Cassam). A festa do bicampeonato, que está sob a coordenação do Movimento Amigos do Garantido (MAG), terá ingressos no valor de R$20 (inteira) e estarão a venda na bilheteria do Cassam.

O evento, que também comemorará a conquista do 30º título do boi da Baixa, contará com a presença de todos itens oficiais do Garantido. “Somos bicampeões e também ganhamos nosso trigésimo título, então o que não falta é motivo para comemorar. A galera vermelha e branca pode tre certeza que faremos uma festa linda e emocionante com os itens campeões”, enfatizou Rivaldo Pereira, presidente do MAG.


Denildo Piçanã, tripa do boi, tem presença garantida na festa de comemoração

Sobre a mudança do tradicional local da festa da vitória, que sempre é no Centro de Convenções (sambódromo), Pereira disse que o lugar ainda está sob responsabilidade da FIFA e não daria tempo de orgaizar tudo para o evento. “Para não haver atropelos e garantirmos uma boa organização, optamos pelo Cassam, que oferece um boa estrutura”, salientou.

Israel Paulain, apresentador e Sebastião Junior, levantador de toadas, comandarão a comemoração, que também terá a presença da cantora Márcia Siqueira e outros convidados. Assim como a batucada encarnada e o Garantido show.

Tatiane Barros, cunhã poranga

Estarão presentes na festa: Ana Luiza Faria, sinhazinha da fazenda; Tatiane Barros, cunhã poranga e Patricía de Góes, rainha do folclore, que se despediram da arena, além de Verena Ferreira, porta-estandarte; André Nascimento, pajé; Tony Medeiros, Amo do boi e o Denildo Piçanã, tripa do boi.

O presidente do Garantido, Telo Pinto, também enfatizou a vitória do “boi do povão”, nas duas noites. Segundo Pinto, o que se viu na arena foi um boi bonito, coeso, organizado e dentro do tema que foi proposto pela comissão de artes. “Além disso, temos conhecimento do regulamento que foi bem aplicado pelos jurados. Então, temos a comemorar, quem tem que lamentar é o contrário, que não sabe perder. O que resta a eles é só chorar e para nós é mais uma vez brincar de boi”, resumiu.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •