Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A pandemia da Covid-19 tomou proporções ainda maiores, mesmo com vacinações, lockdowns e medidas de proteção adotadas em vários lugares. A Agence France-Presse (AFP), agência de notícias francesa, apurou que oficialmente o vírus já foi responsável pela morte de pelo menos 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, por exemplo, as estatísticas oficiais falam em mais de 252 mil mortos.

A Igreja Adventista do Sétimo Dia vive, de forma empática, o sofrimento de milhares de famílias por conta dos efeitos diretos da doença, desemprego, perdas financeiras e o drama psicológico. Sob o ponto de vista institucional, tem trabalhado desde o início de 2020 para ajudar quem está sofrendo de diferentes maneiras.

Além disso, tem procurado motivar seus membros e simpatizantes a seguirem confiando em Deus e testemunhando do amor de Cristo. E sempre orientando que sejam seguidas as diretrizes das autoridades públicas.

Neste sentido, o presidente da denominação para oito países sul-americanos, pastor Erton Köhler, compartilhou um novo vídeo com a expectativa de que haja uma reflexão a partir da necessidade de se olhar para o futuro com esperança. Na mensagem, ele reafirma a importância, em tempos pandêmicos, dos cuidados sanitários, da vacinação e da necessidade de dependência de Deus.

“A nossa esperança tem de ser mais forte. Está muito perto o dia do nosso grande encontro com o Senhor. Enquanto isso, permaneça firme, permaneça fiel e seja sempre uma voz de esperança”, afirmou. (noticiasadventistas.org)

Veja a mensagem completa:


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •