Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) em Benjamin Constant (a 1.121 quilômetros de Manaus) assistiu, neste ano, mais de 250 produtores rurais com visitas de assistência técnica e extensão rural (Ater), demonstração de métodos (DM), cursos, palestras, reuniões, e emissão de documentos próprios da atividade agropecuária. Neste momento, a unidade local se concentra na elaboração de 25 projetos de crédito rural para pescadores e na preparação de um curso sobre mecanização agrícola para produtores assistidos.

De acordo com o gerente da unidade local do Idam em Benjamin Constant, Denis Lima, o crédito rural para a pesca artesanal está sendo levado a sério. “Os pescadores estão tendo uma atenção especial para estes projetos por parte do Idam e do Governo do Estado”.

Segundo ele, o Idam tem trabalhado ativamente para auxiliar os pescadores, piscicultores e agricultores familiares do município, por meio de programas de apoio, subsídios e cursos de capacitação para piscicultura, avicultura e mecanização.

Os pescadores do município foram beneficiados por meio do Projeto Prioritário de Pesca Artesanal. Com objetivo de incentivar ainda mais pesca em Benjamin Constant, o Idam está elaborando um projeto de crédito rural no valor de R$ 375 mil para custeio e aviamento, destinado a 25 pescadores.

Os piscicultores também foram beneficiados em editais de doação e subsídios com 350 sacas de ração, três kits de análise de água e aeradores. Além disso, foi oferecido um curso de capacitação a 25 piscicultores, numa parceria do Idam com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Fundo Amazônia.

No setor agrícola, a Unidade Local dedicou seus esforços a ampliar o alcance do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). “Em um ano e seis meses conseguimos aumentar de seis para 39 o número de agricultores inseridos. Sendo que 11 indígenas estão sendo contemplados pela primeira vez”, finalizou Denis.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •