Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Fundação Doutor Thomas (FDT) recebeu ontem a visita da turma do 2º ano do período infantil da Escola Municipal Eliana Pacheco Braga de Souza, do bairro Santa Inês, zona Leste de Manaus. A visita é fruto do projeto Educando Crianças e Adolescentes para o Envelhecimento, promovido pelo Serviço Social da FDT.

O projeto foi implantado na fundação em outubro de 2013 com a finalidade de promover nas crianças a consciência sobre a importância de práticas de solidariedade. A mensagem é transmitida por meio de palestras realizadas em escolas municipais e de visita às instituições.

A assistente social, Liliane Flores, 29, ressaltou os pontos positivos que o projeto vem alcançando. “Nós já visitamos mais de 30 escolas desde o inicio do projeto e estamos notando a sensibilidade das crianças. Juntos, pretendemos dar andamento à ação para alcançarmos o maior número de escolas municipais possíveis”.

Com a intenção de levar a educação social às crianças, a Escola Eliana Pacheco possui um projeto semelhante. Trata-se do “Atos de Serviço: Todos por um mundo melhor”, que assim como a FDT, tem o desejo de contribuir com o aspecto social de crianças. A escola em sua primeira visita à fundação trouxe atividades diferenciadas para trabalhar com os idosos, além de garantir visitas futuras.

Diretora há três anos da instituição de ensino, Rossana Aghnejad, expressou a satisfação com o resultado já alcançado neste início de atividades. “Atos de Serviços é um projeto que foi implementado este ano no calendário da escola durante os meses de maio e junho, sempre abordando temas de relevância social. Antes da visita, contamos com o acompanhamento de um psicólogo para explicar às crianças um pouco mais sobre a terceira idade”, disse Rossana.

Já a diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho Cruz, explicou que a visita faz parte do projeto Educando Criança e Adolescente para o Processo do Envelhecimento. “O objetivo dessa visita é aproximar as crianças dos idosos de forma educativa, dando oportunidade também para que os idosos possam interagir com o mundo infantil de forma positiva; levando assim conhecimento às crianças e felicidade para muitos idosos”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •