Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O último domingo (7) foi marcado pelo Dia Internacional de Oração pelos Perseguidos anual, o IDOP 2021, um evento criado em 1996 pela Comissão de Liberdade Religiosa da World Evangelical Alliance (WEA).

Segundo o grupo de vigilância nos EUA, o International Christian Concern, a primeira coisa que os cristãos perseguidos pedem é a oração. Agora as igrejas estão orando pelos mais de 340 milhões de cristãos que são perseguidos ou oprimidos por causa da sua em Jesus.

Já faz mais de duas décadas que a igreja global tem se reunido para orar pelos nossos irmãos e irmãs que são perseguidos em todo o mundo.

Oração pelos perseguidos

Para Godfrey Yogarajah, embaixador para a Liberdade Religiosa da WEA, o IDOP serve para lembrar daqueles que têm a mesma fé que a nossa em Jesus, no entanto, não compartilham da nossa liberdade.

O presidente e CEO da Portas Abertas nos EUA, David Curry, falou à CBN News que são mais de 340 milhões de cristãos oprimidos em todo o mundo e que muitos deles têm que esconder a fé para não ser preso ou até mesmo morto.

“Alguns desses lugares como a Coreia do Norte são excepcionalmente difíceis se você for pego com a Bíblia, você pode passar o resto da vida na prisão ou até mesmo perder a vida. Então, há outros lugares ao redor do mundo onde o Evangelho se opõe. Você pode ser assediado e incomodado, portanto, há várias maneiras de as pessoas serem perseguidas por sua fé”, explicou Curry. Com informações de Gospel Prime.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •