Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na tarde deste domingo (6), o estádio Biancão, foi palco para o duelo válido pelo jogo de ida da fase preliminar da Série D do Campeonato Brasileiro, entre Nacional e Ji-Paraná. A temperatura foi um adversário a mais que as equipes enfrentaram, o termômetro marcou 38 graus para o dia, o time de casa levou a melhor e venceu por 2 a 1.

O destaque do time azulino foi o goleiro Lucão, que operou verdadeiros milagres e impediu que o Ji-Paraná marcasse, principalmente no primeiro tempo. O dois gols do Galo da BR só saíram de pênaltis, dos pés de Watthimen. Nosso atacante Jack Chan descontou para o Naça.

Leão e Galo da BR voltam a se enfrentar no próximo domingo (13), na Arena da Amazônia, da partida será definido quem seguirá na competição.

O Jogo

A primeira etapa foi de muito domínio do Ji-Paraná, que tentava chegar ao gol, mas esbarrou em uma atuação de gala de Lucão, foram três intervenções fundamentais do paredão nacionalino. No início, os times se estudavam, a primeira grande defesa de Lucão foi aos 21 minutos, quando Marabá recebeu pela esquerda e livre de marcação, arrematou para o paredão do Naça fazer boa defesa.

Aos 25, Tiago Correa tentou chute de longa distância, mas a bola foi para fora. Após a parada para reidratação, Marabá, novamente, encontrou o goleiro do Naça pela frente. Ele chutou rasteiro para o goleiro mandar para escanteio. Já no final da primeira etapa, novamente Lucão entra em ação, Ícaro finalizou e ele espalmou para escanteio.

Segundo tempo

Na segunda, o Naça voltou melhor, mas logo aos 5 minutos, uma ducha de água fria. Em jogada de velocidade, Watthimen sofreu pênalti de Lucão, o atacante do Ji-Paraná foi para a cobrança e marcou. Após alguns minutos tocando a bola, o Nacional teve chance na bola parada, após cobrança de escanteio Carlos Alberto cabeceou com perigo para fora.

Mas aos 17 minutos, novamente de pênalti Watthimen marcou o segundo gol do Ji-Paraná. A partir daí só deu Naça, aos 21, Raphael Carioca chutou cruzado, o goleiro Dida rebateu para frente da área e Jackie Chan não perdoou, gol do Naça. O Leão encurralou o adversário, o Ji-Paraná então picotou o jogo fazendo muitas faltas. No fim do jogo, o goleiro Dida ainda defendeu finalização de Biel, o suficiente para garantir o resultado.

Ficha Técnica

NACIONAL FUTEBOL CLUBE: Lucão; Carlinhos, Carlos Alberto, Magrão, Romão (Anderson Bandeira); Felipe Pelles (Biel), Guilherme Adolfo, Tiago Correa, Wander (Leozinho); Jackie Chan, Ivamar (Raphael Carioca). Téc: Mazinho

Ji-Paraná Futebol Clube: Dida; Charlinhos, Lídio, China (Kasado), Kabrine; Nick, Jonatas, Ícaro; Renan Xavier (Lucas Brilha), Marabá (Jacaré), Watthimen (Kaiwan). Téc: Bruno Monteiro

Cartão Amarelo: Magrão, Ivamar, Lucão, Romão, Raphael Carioca (Nacional), Lucas Brilha (Ji-Paraná)

Gols: Watthimen (5/2° e 17/2°), Jackie Chan (21/2°)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •