Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O juiz amazonense Luis Carlos Valois mostrou desconfiança ao tuitar nesta sexta-feira, 17,  sobre  a versão do presidente  Bolsonaro sobre a suposta facada em Juiz de Fora (MG)  em 2018. Valois comentou, por exemplo, que  Adélio Bispo saiu ileso no dia da facada, mesmo rodeado de simpatizantes do bolsonarismo. 

“Para mim o maior indício contra a história da facada ainda é o fato de o ‘mito’ estar rodeado de milhares de simpatizantes que o idolatram, e às armas, e à solução de conflitos via violência, e o suposto autor do crime ter saído ileso sem nenhum arranhão!”, escreveu o magistrado no Twitter. 

A suposta facada foi retratada no documentário “Bolsonaro e Adélio – uma fakeada no coração do Brasil”, do jornalista do Brasil 247 Joaquim de Carvalho. O vídeo se aproxima de 1 milhão de visualizações e é finalista do prêmio Comunique-se.

Confira

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •