Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O técnico Vanderlei Luxemburgo ficou satisfeito com o empate sem gols contra o Guaraní, registrado na noite desta quarta-feira, pela Copa Libertadores. No Estádio Defensores Del Chaco, o treinador valorizou o resultado e reprovou os questionamentos enviados por jornalistas em sua entrevista.

“Pelas perguntas, está parecendo que perdemos o jogo. Todos os meus jogadores e a comissão técnica estão satisfeitos, porque avançamos para uma classificação na Libertadores. E as perguntas vêm sempre no sentido de que está faltando alguma coisa. O que posso fazer?”, indagou Luxa, exaltando o empate contra o Guaraní.

“Há um pouco de exagero na cobrança. Na Copa Libertadores, um empate no Paraguai e contra um time forte como o Guaraní é um grande resultado. Quem não quiser reconhecer isso, é porque não quer reconhecer a produtividade do Palmeiras dentro do campeonato”, declarou.

O Palmeiras tomou uma bola na trave disparada por Fernando Fernandez no primeiro tempo e, durante a etapa complementar, quase sofreu o gol em chute cruzado de Dominguez. Sem criatividade, o time comandado por Luxa praticamente não conseguiu ameaçar o gol adversário.

“Minha preocupação hoje era sair com resultado positivo: empate ou vitória. Em uma Libertadores, nem sempre você joga no nível ideal. Você joga pelo resultado. E o resultado do jogo foi muito importante, porque nos colocou próximos de uma classificação para a fase seguinte”, disse Luxa.

Líder do Grupo B com 10 pontos, o Palmeiras precisa de um empate para se classificar e enfrenta o Bolívar às 19h15 (de Brasília) da próxima quarta-feira, no Allianz Parque. Antes, às 16 horas de domingo, o time alviverde pega o Flamengo, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, também em sua arena. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •