Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Heather Maddern, de 55 anos, e a filha dela, Sammie-Jo Forde, de 32 anos, se recusaram a tomar vacina contra covid-19, na Irlanda do Norte, mas morreram por causa da doença. As informações foram divulgadas pela BBC.

Heather morreu no dia 31 de agosto. Sammie-Jo, que tinha 4 filhos, faleceu 11 dias depois. Quem revelou a história foi o pai de Sammie-Jo, Kevin McAllister. Ele não entende por que ainda existem pessoas contra a vacinação.

“Essas pessoas que não estão tomando a vacina de Covid-19 não estão pensando nas outras pessoas que estão deixando para trás. Perdi minha filha, minha melhor amiga, tudo o que tenho são lembranças dela, corridas de motos, pescarias, dirigir escavadores, essas são todas as lembranças que tenho”, declarou Kevin.

Mãe e filha cuidavam de idosos e portanto tinham até prioridade para tomar a vacina. Mas acreditavam em publicações falsas sobre os imunizantes e até compartilhavam esses materiais nas redes sociais.

“Isso vai me assombrar pro resto da minha vida. Eu só queria que as pessoas lá fora apenas às vezes escutassem os especialistas, porque é isso que eles são”, comentou o pai de Forde.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •