Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, entregou nesta quarta-feira (13) carta de desfiliação ao presidente estadual do DEM, Pauderney Avelino. A desfiliação é em caráter “irrevogável e irretratável”.

Filiado ao Democratas havia dois anos, Marcos Rotta resolveu deixar o partido após o União Brasil – fusão do DEM com o PSL -, anunciar a pré-candidatura de Amazonino Mendes ao governo do Amazonas.

Rotta também entregou um comunicado ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, desembargador Wellington José Araújo, informando a saída do DEM.

O vice-prefeito ainda não tem um novo partido, mas que está analisando propostas de filiação. Ele ainda não disse oficialmente se concorrerá às eleições de 2022, mas nos bastidores da política amazonense já se fala como uma terceira via na disputa pelo governo do estado.

Cartas


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •