Foto: Reprodução
Compartilhe

Maria Lina Deggan respondeu perguntas do público por meio de seu Instagram, nessa quinta-feira (2/12). No papo, a ex-noiva de Whindersson Nunes rebateu o rumor de que uma infecção de gato teria causado seu parto prematuro de 22 semanas, o que causou a morte do filho João Miguel.

“Maior mentira da história. E o mais preocupante: uma galera ainda acredita. Sendo que eu, mãe, esclareci tudo aqui. Não sei quem inventou isso, mas essa pessoa definitivamente não sabe de nada, não acompanhou nada do que eu falei aqui”, escreveu a influencer.

Maria também comentou sobre o que acredita ter sido a característica física mais forte do pequeno. “O narizinho dele era uma delícia de lindo”, escreveu.

A influencer tem uma condição chamada trombofilia, que pode causar abortos e parto prematuro, mas só foi descobrir após dar à luz João Miguel, que morreu 30 horas depois de nascer. (Metrópoles)

#Famosos #Polêmica #MariaLima #WhinderssonNunes #InfecçãoDeGato #FãsRevoltados #Influencer


Compartilhe