Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma menina de 11 anos que engravidou depois de ser estuprada interrompeu a gestação, nesta sexta-feira (4/9), em um hospital do Espírito Santo. De acordo com informações do G1, o procedimento foi feito com autorização da Justiça, e a jovem passa bem.

O ex-companheiro da avó da menina, um dos suspeitos de cometer o abuso, está preso. Segundo a Polícia Civil, outro suspeito é investigado e outras informações não serão divulgadas.

A gestação de oito semanas foi descoberta após a menina ter sido atendida em um hospital, e desde então ela vem recebendo acompanhamento médico e suporte do Serviço Social.

Procurada, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou que processos relacionados a estupros de vulneráveis tramitam sob sigilo. O Tribunal de Justiça do estado (TJES) reforçou que o nome da vítima e onde ela mora não serão revelados por questões de segurança.

Caso semelhante

Um caso parecido teve grande repercussão na mídia nacional em agosto. Uma menina de 10 anos interrompeu a gestação após ser estuprada pelo tio, em São Mateus, no norte do Espírito Santo.

O homem está preso desde o dia 18 de agosto, após um exame de DNA confirmar que ele cometeu os abusos.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •