Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os muros do Allianz Parque foram vandalizados na madrugada de quarta para quinta-feira após o empate do Palmeiras por 1 a 1 contra o Internacional, o segundo consecutivo no Campeonato Brasileiro.

As pichações traziam mensagens como “acabou a paz”, “vergonha”, pedidos de dispensa de jogadores como Gustavo Scarpa, Diogo Barbosa, Bruno Henrique e Lucas Lima, e ofensas ao presidente Maurício Galiotte.

As frases foram removidas nesta manhã por funcionários do clube. O Verdão ocupa a 7ª posição na tabela do Brasileirão, com 10 pontos conquistados e é, ao lado do Grêmio, um dos dois únicos times invicto na competição. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •