Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com o agravamento da pandemia do novo coronavírus, a Unimed Manaus montou um comitê de crise e elaborou um plano de contingência institucional para atender seus usuários diagnosticados com Covid-19 e, também, os pacientes de intercâmbio, assegurados de outros planos do sistema Unimed (Fama, CNU, entre outros), alguns, inclusive, vindos de outros estados da região Norte, que chegam à capital amazonense em busca de atendimento médico.

Hoje, em torno de 40% dos leitos clínicos e de UTI do hospital e Pronto Atendimento da Unimed Manaus estão ocupados por pacientes de intercâmbio. “Apesar do aumento inesperado e bem acima da capacidade que tínhamos instalada, estamos unindo esforços para garantir melhor assistência”, afirma o presidente executivo da Unimed Manaus, Sérgio Ferreira.

Enquanto a maioria da rede credenciada suspendeu o atendimento dos pacientes dos planos de saúde credenciados, a direção da Unimed Manaus manteve as portas abertas e está se esforçando para não perder a qualidade dos serviços ofertados, além de investir na ampliação da oferta de leitos clínicos e de terapia intensiva (UTI).

A Unimed Manaus triplicou a capacidade da UTI e reestruturou protocolos para ampliar oferta de leitos para vítimas da Covid-19. Foi estruturada uma ala do Hospital e no Pronto Atendimento, foi separado um espaço na recepção principal, para receber os pacientes que chegam à unidade hospitalar apresentando sintomas de infecção pelo novo coronavírus.

Além disso, muitos dos protocolos de atendimento foram reestruturados e montada uma estrutura específica com equipamentos e pessoal especializado. Também foi elaborado um fluxo assistencial, pensado para estar distante das demais alas de internação, visando com isso, diminuir o impacto da transmissão cruzada.

Apesar de todos os esforços e investimento, a Unimed Manaus tem enfrentado dificuldade em manter seu padrão de atendimento, sem deixar na mão os pacientes que procuram suas unidades, com suspeita ou já com diagnostico confirmado da covid-19. Nesse sentido, a direção busca sensibilizar os dirigentes das unidades hospitalares que operam no sistema Unimed para que unam esforços no sentindo de otimizar suas estruturas e para ampliar a oferta de atendimento aos usuários dos planos de saúde associados.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •