Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No Brasil, comemora-se em 21 de setembro o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. A data foi criada com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a causa e mostrar a importância de promover ações e meios de inclusão para essa população. No Amazonas, o Governo do Estado tem buscado sempre dar suporte para as pessoas com deficiência (PCDs) e criado condições inclusivas, sejam elas voltadas a servidores ou ao público externo.

Há vários fatores que dificultam a vida de pessoas com deficiência, e entre eles está o preconceito. Para o servidor da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), Antônio Honório, de 53 anos, que atua na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) José Rodrigues, no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, esse problema não precisou ser enfrentado.

Com limitação visual desde os 20 anos de idade, Antônio foi aprovado no concurso público da antiga Susam em 2014. Ele contou que sempre foi tratado como igual pelos colegas e falou com satisfação do setor em que atua, que foi adaptado para suas necessidades.

“Trabalho no almoxarifado e preciso estar sempre organizando materiais. Meu setor foi todo identificado com placas em braile (sistema de escrita utilizado por pessoas com deficiência visual ou baixa visão) e isso facilitou muito as minhas atividades, porque agora consigo trabalhar de forma totalmente independente. Aqui sou tratado como uma pessoa sem limitação, e isso me motiva todos os dias a melhorar como pessoa e como profissional”, afirmou o servidor.

Para Antônio, trabalhar em um ambiente que promove esse tipo de inclusão é muito importante. “Acredito que essa valorização do servidor com deficiência tem que ser feita em qualquer setor, seja ele público ou privado. Espero que mais ações como essa do Governo do Estado possam continuar ocorrendo, para que outras pessoas também se sintam incluídas e valorizadas, como eu”, destacou.

Acessibilidade – Mesmo sem ter servidores com deficiência ou que necessitem de adaptações para trabalhar, as secretarias estaduais possuem instalações acessíveis para atender a toda a população. Entre elas está a Secretaria Executiva dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEPCD), que é vinculada à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e dispõe de rampas, banheiros adaptados, piso tátil, entre outros meios, facilitando o acesso de usuários que por ele transitam diariamente.

Inclusão – Além de meios de acessibilidade, a Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp) dispõe também de duas pessoas que se comunicam pela Língua Brasileira de Sinais (Libras) para atender quem possui alguma deficiência auditiva, facilitando a comunicação e garantindo o atendimento adequado à população. Essa ação é fundamental, principalmente quando são disponibilizadas vagas de emprego para PCDs.

Luta por direitos – Em 1982, o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência foi instituído por iniciativa do Movimento pelos Direitos das Pessoas Deficientes (MDPD) e oficializado pela Lei nº 11.133, de 14 de julho de 2005.

O dia 21 de setembro foi escolhido por coincidir com o Dia da Árvore e também ser próximo à comemoração do início da Primavera, no hemisfério Sul. Este dia significa o renascimento e a renovação da vida, que é representada pelo surgimento da luta por uma sociedade mais inclusiva, na qual as pessoas com deficiência possam viver em igualdade de condições e sem preconceitos.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •