Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Depois de ter sua conta no Twitter bloqueada por determinação de Alexandre de Moraes, o notório Roberto Jefferson abriu um novo perfil na rede social e fez mais uma investida contra o Supremo.

O ataque da vez teve como mote a redistribuição de uma ação impetrada pelo PTB, partido presidido por Jefferson, para tentar barrar a tentativa de reeleição de Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia.

O processo saiu das mãos de Celso de Mello e foi para a de Gilmar Mendes. Jefferson chamou o primeiro de “merda” e o segundo de “bosta”, ao escrever em sua nova conta no Twitter, no sábado:

“A ação declaratória de inconstitucionalidade distribuída por meu partido, contra a imoral reeleição de presidente de poder de Maia e Alcolumbre, foi redistribuída de Celso Mello para Gilmar”. “Saiu da merda e caiu na bosta”, informa a coluna de Lauro Jardim.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •